O segredo das papinhas salgadas

Depois de um ou dois meses com a papinha doce e os sucos, é hora de introduzir (com cuidado) o sal na alimentação do bebê.  

As papinhas salgadas devem receber apenas uma pitada do tempero ao fim do preparo. A dica é: se o alimento está bom de sal para o paladar de um adulto, certamente, estará salgado demais para uma criança. Então cuidado com o sal!

Neste período também, devem ser incluídos na receita diferentes grupos de alimento, como vegetais, carboidratos e carne.
Assim a criança receberá os principais nutrientes para se desenvolver.
Atenção com o preparo, tanto as papinhas doces quanto as salgadas não podem ser liquidificadas, mas apenas amassadas. As carnes devem ser bem desfiadas. Elas podem ser inicialmente oferecidas uma vez ao dia, como uma espécie de almoço. E para você mamãe se inspirar aqui vai uma receita para você experimentar com seu bebê. Boa apetite!
Papinha de carne, abóbora, batata e couve
Ingredientes
1 colher de sobremesa de óleo vegetal 
1 colher de chá de cebola picada 
2 colheres de sopa de carne moída 
1 batata pequena cortada em cubos pequenos 
2 colheres de sopa de abóbora cortada em cubos pequenos 
2 colheres de sopa de couve picada  
 
Modo de preparo 
Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a batata e a abóbora. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a couve e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva. Rendimento: 1 ou 2 porções
Fonte> Bebe.abril.com.br / Fotografia > fmcsv.org.br
Nenhum Comentário Digg

Não há comentários. Seja o primeiro.

Deixe seu cometário